O Luto da Criança

luto criança

Por mais que esse não seja o nosso desejo, as crianças podem viver uma perda importante na infância.

As crianças percebem a perda, sofrem e passam pelo processo do luto.

O luto da criança é vivido de forma diferente ao do adulto. Algumas crianças demoram um pouco para reagir à morte e somente com o passar do tempo é que vão demonstrando esse sentimento de perda.

A criança pode se sentir insegura ou com medo de que outras pessoas morram também. Isso pode fazer com que elas fiquem mais “grudadas” aos adultos que cuidam dela, é preciso ter paciência e compreender o que está acontecendo.

Há crianças que ficam mais agressivas, mais irritadas e isso também é um reflexo do luto, e elas podem sentir raiva por ter perdido alguém que amavam.

É muito importante que a criança possa ter espaço para expressar seus sentimentos. A família pode ajudar muito, criando oportunidades para falar livremente sobre o assunto ou para desenhar, criar e brincar.

É de se esperar que a criança volte ao assunto da morte em outros momentos, ao longo de seu crescimento, por isso mantenha o canal de comunicação sempre aberto.

É necessário e importante que a criança retome sua rotina segura e conhecida o mais breve possível, como ir para escola e rever amigos.

Se possível evitem realizar mudanças bruscas, como mudar de casa ou escola durante o primeiro ano de luto.

Ana Lúcia Naletto e Lélia de Cassia Faleiros

Psicólogas do Centro de Psicologia Maiêutica

Deixe uma resposta